sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Possibilidades

Se eu não quiser morrer em vida
terei de fazer os movimentos da borboleta
muito embora o temor pelo tempo do casulo
nos incentive a continuar lagartas.

O belo de viver
é acreditar naquilo que podemos ser
e a perseverança nada mais é que a fidelidade
às possibilidades que dormem silenciosas em nós.

Tatiana Wan-Der-Maas Guimarães


Nenhum comentário:

Postar um comentário