quarta-feira, 21 de maio de 2014

Dia 15 e os meus presentes !!!!!!!

Dia 15 começou prá mim um novo ano
O 40º ano da minha vida, descontados os 9 meses de gestação

No dia do meu aniversário, por coincidência (será ?), eu finalizei o caderninho em que anoto todos os meus afazeres no trabalho
E eu tinha planejado (acho que sonhado seria a palavra mais apropriada) que não precisaria começar um caderno novo - porque "alguma coisa" aconteceria e eu não continuaria no mesmo lugar

No entanto, lá estava eu, no dia seguinte, fazendo tudo como de costume - mas não tudo igual, porque nenhum dia é como o outro (e porque tenho me vigiado e tentado, com muita dedicação, não deixar a mesmice dominar os meus dias)

Digamos que o meu presente mais desejado ainda não chegou
Que aquelas conversas secretas antes de dormir ainda não saíram do "plano astral" (ou talvez eu ainda não as tenha percebido materializadas)

Mas no meu aniversário eu ganhei inúmeros - e maravilhosos - presentes
Ganhei carinho em forma de SMS, de mensagens no whatsapp, telefonemas e abraços + beijos (não necessariamente nessa ordem)
Ganhei flores, bombons, cremes e sabonetes, brincos, uma massagem diferente que equilibra os chakras, bolo, vinho com queijos, um almoço delicioso, música e alegria
Ganhei vida !!!

Minha família e meus amigos jamais conseguirão dimensionar a importância que têm prá mim
O imenso amor que sinto por eles
Nem a gratidão e a alegria que sinto por tê-los caminhando ao meu lado - e me ajudando, sempre, a iluminar a estrada quando tudo parece escuro demais

Não foi só no meu aniversário que fui presenteada
Seria injusto deixar de falar do encontro com a Cá, do satsang com o Marco Schultz
Das infindáveis caminhadas (mesmo sem saber para onde ir)
Da Marta, 
Do GRUFAF (obrigada, Fer !!!)
Do encantamento com o Dan Stulbach e com a Irene Ravache (MEU DEUS !!! Que atores !!)
Da pipoca, do cinema 
Das conversas sem pressa
Do olhar diferente no espelho

Tudo isso eu ganhei de presente

E, pensando em explicar como essas novas experiências aconteceram
Me lembrei de uma música linda, do filme "A viagem de Chihiro"
Que diz, numa passagem, algo mais ou menos assim: "quando um espelho se quebra, vários pedaços refletem uma vida nova" :o)

Que jamais nos falte a capacidade de olhar
De uma forma diferente - e otimista
Para todos os acontecimentos da vida



E ainda que a realização dos nossos desejos não dependa apenas de nós

E que não consigamos entender uma série de coisas que nos rodeiam
A alegria esteja presente

Bjbjbj
Ju Bormio